30 de agosto de 2011

Posted by Samuel Balbino | File under : ,

 Porque muitos são chamados, mas poucos os escolhidos” (Mateus 22.14).

Há uma coisa que jamais podemos esquecer em relação a nossa salvação: Fomos escolhidos por Deus especialmente para ela. Podemos imaginar quantos de nós estava envolvido com as coisas mais tristes, vis e perniciosas deste mundo. Foi, entretanto, do agrado de Deus nos escolher nele para nos resgatar de todas elas.

Quando pensamos em nossa escolha devemos também compreender onde ela se deu. Paulo nos diz que foi antes da fundação do mundo (Efésios 1.4). Isto quer dizer que antes que houvesse sol, lua, estrelas, nem sequer o princípio do pó do mundo, Deus soberanamente nos escolheu em seu beneplácito, e o fez por nos amar acima de todas as coisas. Quando nascemos, já nascemos eleitos pelo amor de Deus para pertencê-lo.

Mas para que a nossa escolha seja manifesta é necessário sermos primeiramente chamados. O evangelho é a chamada de Deus a todas as criaturas sob o céu. Onde ele é anunciado é como se Deus estivesse conclamando em todas as direções: Venham aqui! Nesse processo milhares de pessoas se aproximam para ver do que se trata, sempre movidos por uma curiosidade. Ao ouvirem a voz do Senhor, aqueles que foram escolhidos antes da fundação do mundo irão se alegrar e de identificar com tal mensagem. O Espírito Santo então os convence de seus pecados e eles recebem a salvação. Mas no outro lado da história está aqueles cujo coração não se alegra e nem se identifica com a voz do Bom Pastor; pelo contrário, até se irritam quando suas más obras ficam em evidência pela luz. Estes não crêem. Vão embora e continuam tão perdidos quanto antes. Foram chamados, mas não eram escolhidos.

Aos eleitos Deus revela a sua vontade e os faz perseverar nela, garantindo-lhes assim uma eterna salvação. Aos reprovados, resta o julgamento que terminará de acordo com suas próprias obras, ou seja, a condenação no Dia final.

Versículo para memorizar...
“Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda” (João 15.16).

Pr. Samuel

1 comentários:

Oração e Intercessão disse...

A PAZ,
GLÓRIA AO NOME DO SENHOR POR TER NOS DADO ESTE PRIVILÉGIO DE SERMOS CHAMADOS FILHOS DE DEUS...
UM DIA CHEIO DA PRESENÇA DO SENHOR ,
BENÇÃOS DO SENHOR P/VC!! (ADRIANA E PB.WALSKY)
http://intercessaoeoracao.blogspot.com