10 de agosto de 2011

Posted by Samuel Balbino | File under : ,

“Mostra-me, Ó Senhor, os teus caminhos; ensina-me tuas sendas” (Salmo 25.4).

Mais uma quarta-feira. E estive pensando na relação entre o homem e Deus, de como ele nos trata, mas também de como o tratamos. Quando os filhos estão crescendo é comum os pais lhes ensinar lições que vão acompanhá-los para a vida toda. Entre Deus e nós acontece o mesmo.

Quantas vezes pedimos ao nosso pai ou a nossa mãe para nos ajudar em algo que tivemos dificuldade? Muitas sem dúvida. Temos que ter esta mesma disposição em relação ao Senhor. Pedir a ajuda dele naquilo que nós não temos certeza de como fazer. Isto é uma prova de sujeição. Paulo diz em sua carta aos Hebreus que se nós somos submissos a nossos pais segundo a carne, muito mais ao Pai dos espíritos (Hebreus 12.9).

Eu diria que o grande problema é que nos achamos tão independentes que não pedimos a ajuda de Deus. Estamos tão certos de que sabemos cuidar de tudo, que pensamos não precisar da sua intervenção. Nesses momentos há um texto que deve permanecer gravado em nossa memória:

“Não que por nós mesmo sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; mas a nossa suficiência vem de Deus” (2ª Coríntios 3.5).

Isso significa que quando tomamos decisões sem primeiro consultar o Senhor, estamos dizendo com isso que não precisamos dele, que a nossa suficiência vem exclusivamente de nós. Pare um pouco e pense nisso. Você já pediu a orientação de Deus sobre alguma coisa que pretende fazer hoje? Se a resposta for não, então faça isso agora mesmo. Quando pedimos a ele a direção certa, ela virá de algum modo, alguém será usado para nos aconselhar ou uma situação irá aparecer para que possamos extrair dela o que estávamos procurando, não importa; Deus providenciará os meios para nos falar a sua vontade. O que importa é que antes de tudo precisamos ir até ele, como um filho vai ao seu pai pedir conselhos e ajuda.

Versículo para memorizar...
“...porque separados de mim nada podeis fazer” (João 15.5b).


Pr. Samuel

2 comentários:

Nanda disse...

Quem se abriga em Deus não necessita da palavra. Basta um suspiro dirigido a Deus, e Deus o ouvirá

Reflita nisto e tenha um ótimo dia.Deus te abençoe a cada instante de sua vida!

Bjus Fernanda

André de Castro. disse...

Paz de Cristo PAstor Samuel otima colocação as vezes esquecemos de nos aconselhar com Deus e esquecemos que dependemos dele pra tudo nessa vida, só percebemos quando fracassamos, as vezes isso acontece comigo, temos que entender que dependemos de Deus para tudo, e sempre temos que pedir sua direção para aquilo que iremos fazer, em qualquer area de nossas vidas. Boa Postegem e fica na PAz de Cristo.