Pular para o conteúdo principal

Por Que Os Jovens não querem ir a Igreja?

Essa é uma das perguntas que mais atormenta os líderes e pastores. O que fazer para que os jovens se interessem mais, se envolvam mais com as atividades propostas pela igreja, ou melhor ainda, frequentem mais os cultos e se sintam mais atraídos pela comunhão?

Primeiro precisamos ser bem racionais e analisar alguns motivos pelos quais os jovens não estão congregando tanto quando deveriam.

1.ROTINA SECULAR: Acredito que esse é o principal motivo pelo qual muitos de nós não congrega com mais frequência. Eu mesmo sou um exemplo disso. Por diversas vezes fiquei aborrecido por não poder me reunir com meus irmãos devido o trabalho. Certa vez estava escalado para aplicar o estudo bíblico de quinta-feita à noite e por causa do trânsito na volta cheguei em cima da hora e sem contar as vezes em que tive que ligar para o pastor e cancelar minha participação devido o meu atraso que seria evidente. Muitos outros tem faculdade, cursos e etc. Essa rotina acaba atrapalhando nossa dedicação. O que é preciso fazer é procurar equilíbrio, compensando essas horas que não podemos estar com a Igreja na semana em outros dias nos quais sabemos que podemos nos dedicar no serviço do Senhor.

2. MÁ ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO: Esse é um motivo sem justificativa. Uma pessoa desorganizada não tem tempo pra nada. Milhares de jovens sofrem desse mal. E o pior, desperdiçam seu tempo com coisas absurdas, por exemplo, vídeos games, redes sociais, Tv... Não que estas coisas sejam pecado, claro que não. Mas o problema é você consumir seu tempo quase todo nelas. Há muito mais pra ser feito do que ficar em casa o dia todo vendo Tv, ou passar horas conversando bobagem em redes sociais. Nós precisamos procurar preencher nossa mente com coisas proveitosas, e principalmente em como atuar na obra de Deus. Não podemos esquecer nossa missão como Igreja de Jesus.

3. PREGUIÇA E DESÂNIMO:Aqui mora um perigo. Alguns jovens estão de fato sem vontade alguma de participar das atividade da Igreja. A preguiça e o desânimo os desencoraja. Pode ter algumas causas possíveis: a) O PECADO, ou a permanência em um pecado específico causa um certo endurecimento de coração que por consequência o reduz o interesse por qualquer coisa que leva a Deus. Nesse caso é preciso que ele dê ouvidos a exortação que recebe, como nesse texto por exemplo. Se você sente que se enquadra nesse item, busque imediatamente auxílio da parte de Deus. Ore e confesse seu pecado e certamente nosso Deus providenciará saída para você. b) FALTA DE ESTÍMULOS: muitos jovens e adolescentes não encontram estímulos por parte da família e por parte dos irmãos. Não veem nos cultos mensagens que se apliquem ao seu dia a dia. Isso é uma tarefa conjunta da família e da liderança da Igreja. Por um lado os pais devem motivar seus filhos dando exemplo deles mesmos, e a liderança precisa planejar e promover programações (BÍBLICAS) que fale ao coração do jovem, que toque nos pontos que são relevantes para ele e não somente isso, mas também que abra os seus olhos para aqueles assuntos que talvez ele não considere como importantes. O que eu tenho aprendido em minhas aulas com crianças, adolescentes e jovens é que se você precisa chamar a atenção deles para um assunto que eles consideram chato ou sem graça, você deve então fazê-los entender como aquilo é importante usando linguagens e aplicações que eles entendam. Isso é muito importante para que o jovem deseje participar mais da comunhão, ele precisa estar ali e entender que a pregação vai ensiná-lo a viver melhor, que estar ali presente faz bem ao seu espírito.

É evidente que isso não se consegue do dia para a noite. É preciso oração, planejamento e muita disciplina para aguardar os resultados acontecerem. Que Deus nos ajude a fazer as coisas certas, que sua palavra seja o centro das atividades cristãs, a fim de que todos sejam atraídos a Cristo e não ao emocionalismo barato nem á libertinagem que vemos acontecendo em alguns lugares.


Ir. Samuel

Comentários