9 de janeiro de 2011

Posted by Samuel Balbino | File under : , ,
"Eu vos batizo com água para arrependimento; mas o que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas sandálias não sou digno de desatar; ele vos batizará com o Espírito Santo e fogo. Em sua mão tem a pá e limpará a sua eria, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a  palha com fogo que nunca se apaga" (Mateus 3.11,12).

Geralmente quando lemos esse texto não percebemos o que de fato está sendo dito. Imaginamos que se refere apenas ao batismo com o Espírito Santo. Mas na verdade ai está descrito três batismos  diferentes. Percebeu quais? O batismo de João (feito em águas) e dois batismos de JESUS (com o Espírito Santo e com fogo). O pentecostalismo em geral associa o batismo com o ES ao fogo, por isso todos os logtipos pentecostais tem uma chama em destaque, isto não é por acaso. 

O texto é bem claro, JESUS veio batizar com ES e com FOGO, mas são dois batismos diferentes, com propósitos diferentes. O batismo com o Espírito Santo é para a Igreja, para os eleitos de Deus ( Ef 1.13/ Rm 8.9/ Tt 3.5-7).  O batismo com fogo é para os ímpios, para aqueles que se mantém rebeldes à palavra  de Deus. O fogo tem conotação de juizo (Ml 4.1), JESUS veio trazer fogo a terra (Lc 12.49). Perceba que o versículo 12 é fundamental para a correta compreensão do versículo 11: "Em sua mão tem a pá e limpará a sua eria, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a  palha com fogo que nunca se apaga". O fogo é para a palha, o joio; o celeiro é para o trigo, o povo eleito por Deus.

Pr. Samuel

4 comentários:

Gleize de Jesus disse...

Amado Pastor Samuel Balbino, sei de perto o que é dito deste testo Bíblico, durante anos fui AD e sempre me falaram que crente tem que ter FOGO, igreja fria é a que só tem bla bla bla... Dizem isso com a palavra de Deus e se referem a um CULTO com a ministração da palavra como frio! ainda bem que Deus me conservou em seus átrios e nunca me convenceu o coração por tamanha sandice!
Quem estiver afim de fogo... que o tenha! Eu recebi do Senhor Jesus o Espírito Santo, que lavou minhas feridas e perdoou os meus pecados e que me fez ter sede de Deus e das Sagradas Escrituras!
Louvado seja o Deus de minha vida que me alcançou nos lugares baixos, me escolheu ainda que eu nem o conhecia!Com o batismo no Espírito Santo hoje sou uma nova criatura, as coisas velhas se passaram e tudo se fez novo!
É a maior cirurgia... a renovação de um ser humano!!!
Talvez falte interesse de aprender o que de fato nos mostra claramente as Sagradas Escrituras e por conta disso se deixam levar por qualquer vendo de doutrinas fora da palavra de Deus.
Não creio que ser batizado com Espírito Santo seja pular ou se contorcer, gritar... Tais pessoas tão avivadas, em casa, no trabalho, na escola não possuem comportamento cristão! De que vale tanto?
Infelizmente a religiosidade tem sido o foco de muitas congregações, mas o modo de vida cristão tem sido esquecido e sufocado!
Louvo a Deus por em nosso meio ter homens como o senhor que se manifesta a falar o que verdadeiramente está escrito.

Gleize de Jesus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Samuel Balbino disse...

Graça e paz amada. Obrigado pelo comentário, e que bom que você tem a mente aberta por Deus para discernir essa verdade também. Eu fui pentecostal durante 8 anos da minha vida, e foram os anos mais infelizes que eu vivi, primeiro porque eu era cego, achava que era feliz e não era; segundo, porque as pressões por parte desses falsos líderes era muito grande, me era exigido muita coisa, ou falava em línguas ou não tinha o Espírito Santo, ou sacrificava ou não era de Deus, e tantas e tantas coisas. Só depois que Deus me revelou a sua palavra com verdade é que eu pude ser "verdadeiramente livre" e me esforço usando todos os meios possíveis para alcançar outras pessoas a fim de que elas também alcancema liberdade em Cristo e vivam o genuíno Evangelho.

Soli Deo Gloria!

o tempo e a igreja "reflexões Reformadas" disse...

Também fui "pentéca" por mais de 19 anos. Naquela época eu me sentia o cidadão mais poderoso do mundo.

Era um tal de, "ta amarrado", "eu ordeno", "eu determino", "eu não aceito" ..etc...

Era tanto "eu", que não sobrava lugar para Jesus. Eu era o meu próprio salvador, pois tudo dependia de mim, e das minhas escolhas.

Mas graças ao Senhor, ele me escolheu e abriu os meus olhos, que até então, nunca haviam de fato visto a luz. "soli deo gloria"