Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Lutero Sobre Pregação

Martinho Lutero – A Redescoberta da Justificação pela Fé

“Para receber o favor de Deus em sua vida você deve ofertar e trazer o seu melhor”

Já ouviu esta frase de uma “igreja evangélica”? Se sim, isto é uma prova de que nosso contexto histórico não está muito diferente do de Lutero.

Qual o problema da frase? O problema é que ela nega toda essência do Cristianismo e do Evangelho, desonrando a Deus e Seu Cristo! Sim, é este o nível de perigo desta “ingênua” frase.

Mas por quê?O Evangelho é a boa notícia de que pela fé (e somente pela fé) na morte de nosso Salvador na cruz temos acesso irrestrito a Deus. Isso porque jamais poderemos pagar o que devemos a Deus. Só através do sacrifício do Filho de Deus que podemos ser aceitos diante dele.

Um dos principais combates de Lutero foi contra as chamadas “indulgências”. Na época através de uma quantia financeira você poderia diminuir o seu sofrimento ou de outros no purgatório. Você basicamente comprava o favor de Deus e barganhava com o Altíssimo.

Infelizmente é isso que a teologia da prosperidade tem ens…

A Bíblia, um Livro Divino: A Doutrina da Escritura de João Calvino

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto1
Assim como os filhos da Reforma entendem que o maior evento entre Pentecostes e o retorno de Cristo foi acima de tudo um retorno às Escrituras, os calvinistas devem saber o que o teólogo da Reforma dizia ser as Escrituras.

Foram as Institutas de Calvino que—com sua exposição calma, clara e positiva da fé evangélica na autoridade irrefragável da Sagrada Escritura—deram estabilidade às mentes hesitantes, confiança aos corações desalentados, e colocou nos lábios de todos uma brilhante apologia em face das calúnias dos inimigos da Reforma.2

A visão das Escrituras de Calvino é apresentada nos primeiros nove capítulos das Institutas. Foi somente após lançar os princípios da autoridade bíblica que permitiu ele e leitor passarem a considerar as doutrinas de Deus, do homem, de Cristo, da salvação e da igreja. Dos capítulos um ao cinco, Calvino trata assuntos tais como a relação entre o conhecimento de Deus e o conhecimento de nós mesmos, a natureza do conh…

O Pentecostalismo e o Desprezo à Reforma

Não me entendam mal. Se o título dessa postagem parece ofensivo não é menos do que a atitude da maioria das denominações pentecostais. Estamos no mês onde se comemora 494 anos da Reforma Protestante e sempre nessa data as denominações de confissão histórica estão promovendo seminários, palestras, congressos, simpósios. Tudo para avivar na mente das pessoas a importância desse acontecimento. Mas e as pentecostais? O que elas fazem para honrar o retorno do Cristianismo à pureza do evangelho de Cristo? Nada!
Estive fazendo uma pesquisa nos sites das principais denominações pentecostais do país e nada encontrei sobre a Reforma. O que podemos concluir com isso? Que há um desprezo sem igual por aquilo que nos possibilitou estarmos aqui hoje. A pergunta é: Por que isso acontece. Tenho algumas respostas.
      Não é interessante ficar relembrando um evento que pode desenvolver nas pessoas um senso crítico que as impeça de receber as fortalezas lançadas continuamente nesses lugares. Qualquer cri…

Ortodoxia Reformada