27 de junho de 2014

Posted by Samuel Balbino | File under : , , , , , , , , ,


ABAIXO SEGUE O ESBOÇO DE UMA DAS MINHAS AULAS NA ESCOLA DOMINICAL DA IPB DE FELIPE CAMARÃO, CLASSE DOS JOVENS.

Texto:  Marcos 7.31-37

Pensamento: Jesus é aquele que nos faz ouvir sua voz e nos capacita a falar em seu nome.

1. DECÁPOLIS:

a) Região onde ficavam 10 cidades-estados gregas, vizinhas à Samaria;
b) A maior parte da população era de gregos;
c) Nessas cidades algumas pessoas viviam em situação precária: Um historiador chega a afimar que ali “muitos vivem como brutos e não como seres humanos”;
d) Nessa região Jesus expulsou uma legião de demônios de um homem e atendeu a uma mulher siro-fenicia cuja filha também era atormentada por um espírito maligno;

2. A SURDEZ E A MUDEZ:

a) Ser mudo ou surdo são limitações até hoje, onde temos o Braile e as LIBRAS;
b) Naquela época significava ser inválido, excluído da sociedade, marginalizado;
c) As doenças eram consideradas um sinal da ira e desprezo de Deus pelo pecado (Jo 9.1,2)

3. ATITUDES DE JESUS:

a) Entrar numa região de gentios;
b) Ter contato com gentios considerados impuros;
c)  Ter contato com um doente e inválido, impuro duas vezes; (por ser gentio e ser inválido);

# LIÇÕES:

I – Novamente Jesus interage com gentios;

1.1.O evangelho vem também para os gentios (At. 1.8,9; 10.34; 11.18)
1.2.O livro de Marcos foi escrito para gentios, por isso a ênfase nas situações em que Cristo esteve entre pessoas que não eram da nação de Israel;
1.3. Aponta para a missão da Igreja ainda hoje que é de anunciar a mensagem do evangelho a todas as nações;

II – Jesus rompe a barreira do preconceito:

2.1.Do mesmo modo como fez com o centurião, Cristo ignorou as barreiras socio-culturais: atendeu novamente a um gentio, e ainda por cima um gentio doente, tido como mais impuro e desprezível;
2.2.Jesus levou aquele homem a um lugar reservado, dando atenção especial a ele (ao contrário de qualquer outro judeu que o teria simplesmente ignorado por sua raça e deficiência);

III – Jesus mostra novamente sua autoridade sobre as doenças;

3.1.Toca os ouvidos e a língua do doente para que ele mesmo pudesse entender que Jesus o estava curando;
3.2.O homem passou a ouvir e falar normalmente, o que até hoje é impossível, mesmo com o avanço tecnológico que temos;

# SIGNIFICADO DO MILAGRE

a) Ao curar o surdo-mudo Jesus está mostrando que ele veio para abrir nossos ouvidos “espirituais” afim de podermos ouvir sua voz, e nos capacitar a falar em seu nome;
b) Nenhum ser humano por si só é capaz de atender ao chamado do evangelho se Deus não intervir de modo a “abrir” o entendimento daquela pessoa e fazê-la compreender a sua palavra; (1Co. 12.3; At.16.14)
c) Ao curar cegos, surdos e mudos, Cristo apontava para o fato de que todos nós estamos espiritualmente incapacitados para nos relacionarmos perfeitamente com Deus, assim com os acometidos por deficiências tem em se relacionar com as demais pessoas;(Is. 6.10);
d) Jesus é o único que pode curar o homem do seu estado de pecado. (Lc.4.17-19);

Ir. Samuel

Domingo estarei publicando mais um esboço de aula.


0 comentários: