Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

O Significado da Palavra Pacto

A palavra que a Escritura usa para o pacto é de pouca ajuda em determinar a idéia escriturística do pacto. A derivação da palavra בּרית (berith) do Antigo Testamento é incerta. Alguns pensam que a palavra é derivada de um termo que significa "cortar." De acordo com essa interpretação, berith está conectado com o costume de cortar os animais do sacrifício pelo meio e colocar as metades umas defronte das outras quando um pacto era concluído, para que as partes pactuais pudessem passar entre os pedaços daqueles animais sacrificiais como um sinal e juramento da fidelidade delas. Quando o Senhor concluiu seu pacto com Abraão, de acordo com Gênesis 15:9-17, ele se adaptou a esse costume.
Contudo, de acordo com essa passagem em Gênesis, somente o Senhor passou pelos pedaços dos animais sacrificiais; Abraão não o fez. Isso pode apenas significar que o Senhor não concluiu ou contratou um pacto com Abraão, mas simplesmente o estabeleceu. Esse é o ensino real da Escritura. Deus estabe…

A Explicação Pelagiana para o Pecado e a Morte

Muito superficial é a tentativa, por parte da teoria Pelagiana, de explicar esse fenômeno2 terrível e universal como sendo a imitação de um mau exemplo e a influência de um ambiente mal. De acordo com essa visão, o pecado está sempre apenas no ato; nunca é uma corrupção da natureza humana. A natureza humana é inerentemente boa, isto é, sempre tem o poder de determinar se fará o bem ou o mal. Nesse sentido positivo, a vontade sempre é livre. Não existe nada como uma escravidão ao pecado. A natureza de Adão nunca se corrompeu pela transgressão do mandamento especial de Deus. Adão pode ter se tornado de certa forma fraco. Por causa do seu primeiro pecado, pode ter ficado mais difícil para ele retornar e guardar o caminho da obediência, mas sua natureza não se corrompeu. Toda criança que nasce é inerentemente boa e dotada com uma vontade que pode escolher livremente o bem ou o mal. A natureza, ou caráter moral, de um bebê recém-nascido é como um pedaço de folha branca, na qual alguém pod…

O homem junto ao poço de Betesda (Esboço de Aula da Escola Dominical)

Abaixo segue o estudo que acabei de ministrar na Escola Dominical da IPB de Felipe Camarão, na classe dos jovens.
Texto: João 5.1-15
Pensamento: Jesus é manifestação corpórea da misericórdia de Deus e é aquele que remove nossas limitações espirituais.
ALGUNS DETALHES A REFLETIR...
1.As portas de Jerusalém e o tanque:
a)  A cidade de Jerusalém tinha um formato quadrangular e cercado por 12 portas, uma delas era a porta das ovelhas, pois por ela passavam as ovelhas a serem sacrificadas no templo;
b) Ao lado dessa porta havia um tanque com 5 pavilhões cobertos;
c) Esse tanque era abastecido por uma fonte de água mineral cuja pressão interna fazia com que a água borbulhasse de vez em quando;
d) Os judeus possuíam 3 festas básicas que eram motivos de peregrinação à Jerusalém: a páscoa, o pentecostes e a festa dos tabernáculos;
e) Ao virem pessoas de todas as direções elas podiam optar por qualquer uma das 12 portas, mas pela porta das ovelhas entravam aqueles que estavam doentes, pois acredit…

A cura do surdo-mudo de Decápolis (Esboço de aula da Escola Dominical)

ABAIXO SEGUE O ESBOÇO DE UMA DAS MINHAS AULAS NA ESCOLA DOMINICAL DA IPB DE FELIPE CAMARÃO, CLASSE DOS JOVENS.

Texto:  Marcos 7.31-37

Pensamento: Jesus é aquele que nos faz ouvir sua voz e nos capacita a falar em seu nome.
1. DECÁPOLIS:
a) Região onde ficavam 10 cidades-estados gregas, vizinhas à Samaria;
b) A maior parte da população era de gregos;
c) Nessas cidades algumas pessoas viviam em situação precária: Um historiador chega a afimar que ali “muitos vivem como brutos e não como seres humanos”;
d) Nessa região Jesus expulsou uma legião de demônios de um homem e atendeu a uma mulher siro-fenicia cuja filha também era atormentada por um espírito maligno;
2. A SURDEZ E A MUDEZ:
a) Ser mudo ou surdo são limitações até hoje, onde temos o Braile e as LIBRAS;
b) Naquela época significava ser inválido, excluído da sociedade, marginalizado;
c) As doenças eram consideradas um sinal da ira e desprezo de Deus pelo pecado (Jo 9.1,2)

3. ATITUDES DE JESUS:
a) Entrar numa região de gentios;
b) Ter…

A vida é incerta (Carta de Jonathan Edwards a seu Filho)

[Jonathan Edwards enviou em 1755 esta carta a seu filho Jonathan Edwards Jr, que tinha a idade de nove anos e estava com Gideon Hawley em uma viagem missionária entre os índios.]


Stockbridge, 27 de maio de 1755.
Querido filho,
Embora muito distante de nós, você não está distante de nossas mentes: Eu me preocupo muito com você, freqüentemente penso em você, e freqüentemente oro por você. Embora você esteja muito longe de nós, e de todos os seus familiares, contudo, é conforto para nós que o mesmo Deus que está aqui também está em Onohoquaha e que embora você esteja longe de nossa visão e de nossa assistência, você sempre está nas mãos de Deus, que é infinitamente gracioso; e nós podemos ir a Ele, e te submeter ao Seu cuidado e misericórdia . Cuide para que você não O esqueça ou negligencie. Tenha sempre a Deus perante seus olhos, e viva em Seu temor, e O busque a cada dia com toda a diligência: porque Ele, e somente Ele pode fazer você feliz ou miserável, conforme Lhe agrade; e sua vida e…

Por Que Os Jovens não querem ir a Igreja?

Essa é uma das perguntas que mais atormenta os líderes e pastores. O que fazer para que os jovens se interessem mais, se envolvam mais com as atividades propostas pela igreja, ou melhor ainda, frequentem mais os cultos e se sintam mais atraídos pela comunhão?
Primeiro precisamos ser bem racionais e analisar alguns motivos pelos quais os jovens não estão congregando tanto quando deveriam.
1.ROTINA SECULAR: Acredito que esse é o principal motivo pelo qual muitos de nós não congrega com mais frequência. Eu mesmo sou um exemplo disso. Por diversas vezes fiquei aborrecido por não poder me reunir com meus irmãos devido o trabalho. Certa vez estava escalado para aplicar o estudo bíblico de quinta-feita à noite e por causa do trânsito na volta cheguei em cima da hora e sem contar as vezes em que tive que ligar para o pastor e cancelar minha participação devido o meu atraso que seria evidente. Muitos outros tem faculdade, cursos e etc. Essa rotina acaba atrapalhando nossa dedicação. O que é pr…

Os Senhores do Pecado

"...porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si..." (Gálatas 5.17).
Nem um ser humano, por mais santo e devotado que aparente ser, pode afirmar que possui total controle sobre sua natureza pecaminosa.
Estamos todos os dias lutando contra ela, brigando para sobrepujá-la, mas ela continua lá, clamando, gritando ao nosso ouvido, falando à nossa mente. Existe uma guerra sendo travada nesse momento. Talvez você e eu estejamos bem no momento. Nada nos acusa a consciência, porém quando menos esperarmos, o pecado baterá a porta, tentará as nossas almas, e em alguns casos nos seduzirá e nos deixará no pó do remorso e da culpa. Tem que ser assim, e aprendo duas coisas com isso.
1. NOSSA VIGILÂNCIA DEVE SER CONSTANTE: O pecado é um inimigo que se aproveita da distração. Uma tática que muitos soldados conhecem na arte da guerra. Da mesma forma nossa natureza decaída usa nossos momentos de relaxamento espiritual para nos bombardear co…

O que Esperar do Homem?

Hoje após o almoço, percorrendo as redes sociais, encontrei a notícia de que o Caio Fabio havia dado uma entrevista ao Danilo Gentili no SBT. Desde muito tempo que sei e ouço sobre as peripécias desse homem, e já havia visto alguns vídeos dele ''pregando" pela web. O que me incomoda é o modo como ele, de uma maneira grosseira e sem pudor, procura expor o que considera sendo uma correta interpretação do evangelho.
Esse cidadão conhece muito - É verdade. Ele tem razão em algumas coisas que fala - É verdade. Mas não adianta curar por um lado e ferir pelo o outro. É perfeitamente possível anunciar a Cristo e se opor ao sistema corrupto que hoje se vê na cristandade sem perder a ética, a educação e a compostura. O que não vejo no Caio Fabio. Confesso que assim que assisti a entrevista pensei: Eu não teria coragem de ter visto essa cena com minha mãe ou meu pai do meu lado...Por que esse pensamento? Porque algo está errado! É contraditório falar de Cristo e de sua palavra com o…

O cristão e as festas juninas

"Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes." (Romanos 14:2).
Muitos ainda se questionam se um cristão pode ou não participar de festas juninas, ou mesmo se uma denominação evangélica deve promover um eventos desse tipo. O texto citado mostra a resposta do apóstolo Paulo a uma questão de usos e costumes da época e que serve para analisarmos o problemas das festas do mês de junho em nosso tempo.
Paulo deixa claro que há pessoas cuja mente ainda estão subordinadas a temores por vezes infundados. O fato de alguns se recusarem a comer carne (talvez mais precisamente a de porco), mostra que a mente delas ainda não estava totalmente liberta de preceitos humanos ou ainda não compreendiam totalmente a liberdade conferida por Cristo ao seu povo. Mas ao contrário da atitude de alguns de nós, o apóstolo recomenda paciência para lidarmos com essas pessoas e não criticá-las ou sair por aí taxando-as de legalistas ou coisa do tipo. No meu modo de ver preci…

Deus, O Autor

"Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está em Cristo Jesus,a Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor." (2 Timóteo 1.1-2)
Deus é soberano – a vontade de Deus é suprema. Isso significa não somente que ele pode controlar algo se desejar fazê-lo, mas significa que nada pode acontecer a menos que ele decida que isso deveria acontecer e então faça com que isso aconteça mediante um poder ativo e invencível. A distinção é crucial. A falha em reconhecê-la tem resultado em absurdo e inconsistência mesmo naqueles que se consideram defensores da soberania de Deus. Deus não somente pode ativa e diretamente decidir e controlar tudo – como se fosse possível ele metafisicamente deixar algumas coisas funcionarem por si mesmas – mas Deus de fato ativa e diretamente decide e controla tudo, incluindo todos os pensamentos e ações humanas, quer boas ou más. Isso é verdadeiro por necess…

Como Interpretar a Bíblia?

Gostei muito dessa aula, porque de modo simples e didático o Reverendo Augustus percorreu toda as dificuldades inerentes á interpretação bíblica e mostrou as evidências que podemos ter de que esse livro merece sim nossa credibilidade. Recomendo principalmente para os que estão iniciando agora a caminhada com Cristo.

Um Deus favorável

"Foste favorável à tua terra, ó Senhor; trouxeste restauração a Jacó. Perdoaste a culpa do teu povo e cobriste todos os seus pecados." Salmos 85:1-2
Não sei como poderia estar vivo se não fosse a misericórdia de Deus. Todos nós conhecemos e sabemos o defeitos que possuímos. Conhecemos nossas debilidades e fraquezas. Sabemos aquilo que nos envergonha. Mas Deus também sabe. Tanto sabe que ele nos restaura e nos favorece. Se não agisse dessa forma, não restaria ninguém pra contar história.
Ele nos é favorável. Nos concede aquilo precisamos. Exatamente o que exige de nós, ele nos dá para que possamos andar em sua vontade. Ainda que pequemos e não conseguimos andar plenamente retos, ele nos acolhe e restaura nossos passos. Em sua providência estão situações e circunstâncias que nos ensinam, nos advertem e nos fazem- refletir sobre seu amor e sua vontade. E o resultado disso é um novo homem que mesmo tropeçando aqui e ali,  deseja andar em novidade de vida.
Samuel Balbino