Pular para o conteúdo principal

Série: Devocionais - Sexta-Feira - Vidas Fortes e Resistentes


 “Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante: É semelhante ao homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala, e pôs os alicerces sobre a rocha; e vindo a enchente, bateu com ímpeto a torrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque tinha sido bem edificada. Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a torrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa” (Lucas 6.47,48).


Chegamos ao último dia útil da semana. Cabe a nós fazermos uma breve retrospectiva do que fizemos ao longo dela. Acho interessante isso porque dessa forma temos a possibilidade de analisar os detalhes que muitas vezes deixamos passar despercebidos.  Nas palavras de Cristo encontramos uma lição muito importante. Ele fala sobre como edificar corretamente a nossa vida.

Para que uma casa possa ser construída, é preciso se levar em conta o local onde será edificada. O tipo do terreno e sua estabilidade. Além disso, é necessário que se faça um alicerce, para que a construção não venha a vacilar e cair. Conosco acontece o mesmo. Nossa vida é como uma construção, e nós a estamos edificando dia após dia. Dependendo de onde a estamos construindo iremos obter uma construção sólida e forte ou frágil e fraca. O melhor alicerce que podemos utilizar é a palavra de Deus. Uma vez que edificamos nossa vida sobre ela, estamos construindo uma vida forte e resistente. Jesus nos diz que isso só é possível se praticarmos as suas palavras. Não somente ir até ele e ouvir, mas praticar. A prática é que define o tipo de alicerce que usamos. Se não praticamos os mandamentos de Cristo, se somente os ouvimos, então iremos por em prática qualquer outra coisa, menos o que ele diz. E dessa forma, não estaremos edificando sobre a Rocha, que é ele mesmo, mas sobre a areia – E que não confere nenhuma segurança.

É fundamental que vejamos se estamos sendo praticantes ou apenas ouvintes da Palavra, como disse Tiago, o irmão do Senhor:

“Tornai-vos, pois, praticantes da Palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” (Tiago 1.22).

Ouvir é muito importante, mas não praticar aquilo que ouvimos de Deus e achar que já o suficiente é estar se enganando a Si mesmo. Não adianta só ouvir. Se desejamos uma vida forte e resistente, precisamos praticar os ensinos de Cristo, a Palavra de Deus. Porque do contrário, quando vierem as enchentes e a correnteza, e arrojarem contra a nossa vida, será grande a ruína.

Versículo para memorizar...
“Nem todo o que me diz: Senhor! Senhor! Entrará no Reino dos Céus, senão o que faz a vontade de Meu Pai” (Mateus 7.21).


Ir. Samuel

Comentários