Pular para o conteúdo principal

Série: Devocionais - Quinta-Feira - Temos um Tesouro



“Mas temos este tesouro em vaso de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não procedente de nós” (2ª Coríntios 4.7).

Estamos bem perto de terminarmos mais uma semana de trabalho. Por vezes diante das pressões da vida olhamos para nós mesmos e acabamos por pensar coisas indevidas. Questionamos a nossa capacidade, o nosso valor, e tudo porque de repente alguém disse algo que ficou marcado na nossa mente, talvez um chefe, um superior ou um colega. Somos levados a ter pensamentos medíocres a nosso respeito. Há pessoas com síndrome de “auto-comizaração”. Sei que esta palavra não existe, mas bem que poderia, pois muitos vivem se lamentando, se colocando sempre numa posição de “coitadinhos”, algumas vezes apenas para aparecer, e outras vezes porque realmente se acham inúteis, incapazes e insignificantes. Isto torna a vida um grande fardo e não é conveniente que alguém que tem a Bíblia como regra de fé, permaneça para sempre nesse estado.

O apóstolo Paulo confirma que realmente não temos muitos méritos ou reconhecimentos individualmente. Ele tipifica isso nos comparando a vasos de barro. Um vaso é um objeto muito frágil, por qualquer coisa ele pode se quebrar e nunca mais ter concerto. Mas o apóstolo coloca em destaque que não obstante sermos como vasos de argila, temos um tesouro em nosso interior. Isto é algo que muda drasticamente a nossa situação. A que tesouro ele se refere? A presença de Deus em nós por meio do evangelho crido e o ministério da Nova e Superior Aliança. Tudo isso é um privilégio que temos como um tesouro guardado dentro de um vaso de barro. Independente de nossa instrução, capacidade, poder financeiro ou até mesmo aparência física, temos um tesouro em nossa vida. Isso é mais do que suficiente para não nos conformarmos com aquilo que por ventura digam sobre nós. Podem criticar o nosso exterior, realmente não somos perfeitos. Podem desvalorizar até mesmo o que somos quanto pessoas. Possuímos um tesouro mesmo assim! E somente quem também o possui pode compreender.

Ao contrário dos homens, Deus não está preocupado com as nossas habilidades ou no que somos capazes de fazer, ele está interessado em nos habilitar e capacitar para realizarmos a sua vontade. Foi assim com Davi, um simples pastor de ovelhas, mas que foi capacitado por Deus para ser o Rei de uma nação. Foi também com os apóstolos que apesar de serem apenas pescadores e analfabetos, foram portadores da mensagem mais importante da história: o evangelho.

O Tesouro de Deus sempre é colocado em vasos de barros, para que a excelência do poder seja de Deus, isto é, para que ele seja glorificado em nós. Para que o mundo ao ver-nos diga: Realmente, não dá pra acreditar que essa pessoa é capaz disso! Precisamos entender que a nossa vida deve ser um instrumento de glorificação. Não importa que os outros não reconheçam o nosso valor externo, porque eles verão e reconhecerão, ainda que contra a vontade, o nosso real valor em Cristo através das boas obras que somos chamados a praticar, é isto o nosso testemunho de vida. Paulo disse:

“Ora, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; para que nenhum mortal se glorie na presença de Deus” (1ª Coríntios 1.26-29).


Vemos, então, que temos um privilégio inestimável, um tesouro incalculável. Deus age e opera através de nós.  Pense um pouco nisso e não permita que os desestímulos dessa vida façam você negligenciar o grande valor que possui. O que você foi chamado pra ser, só você pode: Um vaso precioso aos olhos de Deus.

Versículo para memorizar...

“Naquela mesma hora exultou Jesus no Espírito Santo, e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos; sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado” (Lucas 10.21). 


Ir. Samuel

Comentários

Irismar Santos disse…
Uma vez ouvi uma mensagem em que o pastore disse que sempre pedia a Deus para lhe usar e uma dia Deus falou ao seu oração: Enquanto vc me pede para te usar eu estou procurando te aprovar e a melhor o caminho para sermos aprovados é nos submetendo a sua vontade pois somos apensas vaso.

Pr. Samuel te desejo um bom dia
Daiane disse…
Quando temos dificuldade com a geladeira, entendemos que o fabricante, que escreveu o manual do usário, sabe mais sobre o aparelho do que nós. Lemos o manual para resolver o problema. Quando vemos tantos problemas nas famílias de hoje, só faz sentido que nosso Criador, que escreveu o "manual do usuário", sabe mais a respeito da família do que nós. Precisamos ler o manual para achar como construir e manter bons lares. Encontramos estas instruções na Bíblia. Ela nos guia em cada aspecto do serviço a ele, incluindo a realização de nossos papéis na família.
Deus tem algo novo para construir através da sua vida.Sua família será alcançada uma a uma por sua intercessão por isso não desista de pedir ao Pai que venha sobre você lhe capacitando para fazer aquilo que é necessário.Ore por quem você ama.Fique na paz e tenha um ótimo dia!

Restaurando Minha Família
Campanha Um Minuto pela Família
Daiane

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" (Salmo 127:1).