13 de abril de 2011

Posted by Samuel Balbino | File under : ,

Perguntas para os pentecostais e neo-pentecostais responderem, e os não-pentecostais refletirem.
Afinal, perguntar não ofende.

  

1. Por que palavras como “paixão”, “fogo”, “glória”, “poder” e “unção” vendem muito mais CDs do que “graça”, “misericórdia” e “perdão”?
2. Por que aqueles que mais falam sobre “prosperidade” evitam sistematicamente textos como Tiago 2:5, 1 Timóteo 6:8 e Habacuque 3:17-18?
3. Por que se fala tanto em dízimo, defendendo-o com unhas e dentes, mas quase nada se fala sobre ter tudo em comum e outras coisas como “ajudar os domésticos na fé” e “não amar somente de palavra e de língua mas de fato e de verdade”? Em qual proporção a Bíblia fala de uma coisa e de outra?
4. Por que em Atos 4, quando os apóstolos foram presos, a igreja orou de forma tão diferente do que se ora hoje? Por que não aproveitaram a ocasião para “amarrar o espírito de perseguição”, para “repreender a potestade de Roma”, ou coisa semelhante?
5. Por que Atos 2:4 é muito mais citado como modelo do que era a igreja primitiva do que Atos 2:42?
6. Por que todo mundo sabe João 3:16 de cor, mas tão pouca gente sabe 1 João 3:16?
7. Por que 90% ou mais dos cânticos congregacionais modernos são na primeira pessoa do singular?
8. Por que quase tudo que se vende numa livraria cristã foi produzido nos últimos 50 anos, se nosso legado é de 2.000 anos de História do Cristianismo? O que aconteceu com os outros 19 séculos e meio?
9. Por que tanta gente que acredita que a salvação é pela graça, ou seja, não é obtida sendo “bonzinho”, paradoxalmente acredita que ela pode ser perdida sendo mau? Pode algo ganho sem mérito ser perdido por demérito?
10. Por que em tantas igrejas a ganância não é vista como pecado, mas como virtude, disfarçada com o nome de “prosperidade”?
11. Por que tantos carismáticos chamam seus líderes de “apóstolos”, mas criticam os católicos por seguirem um líder chamado “papa”?
12. Por que, mesmo o Cristianismo crendo que o homem foi nomeado por Deus como o responsável pela criação, e que tudo que Deus criou é bom, são os esotéricos os que mais lutam pela defesa do meio-ambiente?
13. Por que, na maioria dos grupos de louvor no Brasil, não há espaço pra quem toca instrumentos brasileiros como o cavaquinho e o berimbau?
14. Por que, em alguns meios pentecostais, ritmos como forró e sertanejo são comuns, e outros como rock e hip-hop são vistos como diabólicos?
15. Por que testemunhos de ex-satanistas, ex-homossexuais e ex-drogados fazem muito mais sucesso do que testemunhos de homens que servem ao Senhor desde a infância?
16. Por que livros e DVDs com títulos como “Tome posse da bênção” ou “Exija seus direitos” vendem muito mais que outros com títulos como “A morte da morte na morte de Cristo” ou “O Poder da Integridade”?
17. Por que se canta tanto sobre coisas tão etéreas como “rios de unção” e “chuvas de avivamento”, ao passo que Jesus geralmente usava figuras concretas do cotidiano para ensinar, como sementes, pássaros e lírios?
18. Por que se amarra, todos os anos, tudo quanto é “espírito ruim” das cidades, fazendo marcha e tudo mais, mas as cidades continuam do mesmo jeito? Aliás, se os “espíritos ruins” já foram “amarrados” uma vez, por que todo ano eles precisam ser “amarrados” de novo?
19. Por que uma doutrina como o pré-milenismo pré-tribulacionista dispensacionalista, que ensina o escapismo ao afirmar que Jesus vai tirar a Igreja da reta de qualquer sofrimento ou perseguição, é muito mais popular que o amilenismo? E por que o pós-milenismo, que apregoa a transformação da sociedade por meio do avanço do Evangelho, é tão pouco conhecido?
20. Por que se canta todos os dias “Hoje o meu milagre vai chegar”? Afinal, ele não chega nunca? Que dia está sendo chamado de “hoje”?
21. Por que Jó não cantou “Restitui, eu quero de volta o que é meu”, nem declarou ou amarrou nada, muito menos participou de “campanha de libertação” quando perdeu tudo?
22. Por que nós nunca vamos ao médico e pedimos, “Doutor, dá pra queimar essa enfermidade pra mim por favor”? Por que então se ora pedindo isso para Deus? Seria correto orar assim para Deus curar alguém enfermo por causa de queimadura?
23. Por que não se faz um mega-evento evangélico, desses que reúnem um milhão de pessoas ou mais, pra fazer um mutirão para distribuir alimentos aos pobres ou ainda para recolher o lixo da cidade? Aliás, por que se suja tanto as cidades com óleo e outras coisas nos tais “atos proféticos”? Não seria um melhor testemunho limpá-la ao invés de sujá-la?
24. Por que as rádios evangélicas tocam tanta coisa produzida por gravadoras ricas e muito pouco ou nada produzido por artistas independentes?
25. Por que se faz apelo ao fim de uma “pregação” que não fez qualquer menção à cruz, ao arrependimento, ou sequer ao pecado?
26. Se os “líderes de louvor” gostam tanto de dizer que há liberdade onde está o Espírito do Senhor, por que muitos deles quase sempre tiram a liberdade das pessoas, que são constrangidas a imitar seus gestos (levantar as mãos, repetir algo pra quem está do lado, fechar os olhos, bater palmas etc.)?
27. Por que muitos gostam de dizer que Deus está levantando uma geração disso e daquilo, que está restaurando isso e aquilo, e desconhecem completamente a História, esquecendo-se do que fizeram as gerações passadas? Por que será que essas pessoas nunca dizem que Deus está levantando uma geração de mártires?
28. Por que Deuteronômio 28:13 (“o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda”) é tão citado, ao passo que 1 Coríntios 4:11-13 (“somos considerados como o lixo do mundo”) ninguém gosta de citar?
29. Por que o bom samaritano não deu um folheto evangelístico nem “determinou a cura” do homem caído, mas preferiu fazer o óbvio, que era cuidar da necessidade dele? Por que Jesus, ainda por cima, nos mandou “fazer o mesmo”?


Fonte: Livremente adaptado do texto Perguntas Retóricas, de autoria de Renato Fontes.

Este artigo é parte integrante da série Fuja do Pentecostalismo.
Adapt. Pr. Samuel, extraído do blog Internautas Cristãos - http://internautascristaos.blogspot.com

9 comentários:

PB. JOSÉ LUIZ DA CUNHA disse...

Graça e paz abençoado!
Estas perguntas são de um valor importantíssimo para reflexão. Que Deus continue te iluminando e te usando sempre na propagação do Evangelho da Graça de Deus. Um abraço Fraterno!
Pb. José Luiz

Professor Érick disse...

Pr. Respeito muito o senhor, mas pergnto uma coisa:
Por que o senhor generaliza indagando, perguntas aos pentecostais, na realidade essas perguntas em sua maioria são aos neopentecostais?

Acho que o que deveríamos estar fazendo é evangelizando o mundo ao invés de criar discórdia entre os irmãos.
Só uma observação, a Bíblia diz que Deus aborrece a seis pecados e ao sétimo Ele abomina, aquele que cria contenda entre os irmãos.

PENSE NISSO.

ANDREBOANOVA disse...

Confesso que depois da postagem do Erick perdi a coragem de responder aquilo que eu ia responder. Ele está certo em poucas palavras. E há perguntas aplicam-se a todos como a ultima por exemplo.

Samuel Balbino disse...

Amados, as perguntas feitas são muito oportunas. Elas se referem a práticas rotineiras do movimento pentecostal e consequêntemente NeoPentecostal.

Sobre o que o irmao Erick Disse, é verdade que precisamos evangelizar e anunciar a palavra. E tenho feito isso, minha vida é para pregar a palavra de Deus. Mas creio que o nome do blog já deva sugerir a meta por trás dele, REFORMAR. Ora a reforma se dá entre os que já crêem, esses são o alvo que este blog tenta alcançar. Eu não posso fica indiferente aos absurdos que vemos em muitas denominações, apontar o erro não é criar contendas irmão Erick, veja melhor essa sua colocação. Se eu me omitir diante das atrocidades que tenho visto(as quais a postagem trata diretamente) ai sim eu não estarei agrandando a Deus, ele me vocacionou para falar aos incrédulos e aos crente, ainda que estes não gostem.

Anônimo disse...

Estas questões estão confusas evidênciando assim o desprovimento do autor ou sua tendenciosidade advinda do seio reformador que se acha o ramos perfeito do Cristianismo. Lamentável ver evangélicos ignorantes assim pensando ser um pensador.

Samuel Balbino disse...

Olha amigo seu comentário nem merece atenção, visto que você nem corajem para se identificar não tem. O sistema reformado é sim o que está mais próximo do cristianismo autêntico.

Pb. Valdinei disse...

A paz do Senhor Pr. Samuel, sou pentecostal sem dúvida e estas perguntas pegaram no meu calo com certeza, mas se não sou convito para receber criticas e refletir então não seria convicto.
Mas é isto mesmo concordo com a maioria das perguntas e tenho algumas respostas para a tais: amor ao próprio, amar a mim mesmo como a mim mesmo, foi citado glória numa das perguntas quero reçaltar que´nada mais é que glória para sí mesmo e não para Deus e pra finalizar hipocrisia farizáica.
Mas como não se deve generalizar, minhas respostas também não se aplica atos os pentecostai e neo-pentecostais.
abçs.

Pr.Adilson Benevides Sobral disse...

Não resisti em tentar dar uma "resposta" a essas questões tão interessantes,
Pastor Balbino é um amigo nosso que fizemos na net e agora no Blog dele acho essas perguntas fundamentadas lá no site dos Internautas Cristãos, aos quais já fiz uma longa defesa em grande parte dos tópicos ali entitulado "Fuja do Pentecostalismo", defendendo o Pentecostalismo dos exageros ali exposados...

Aqui ficarei apenas com algumas questões:
1. Inversão de valores, não é assim em todos os arraiais pentecostais...
2.óbvio que estão errados os defensores da "teologia" da prosperidade.
3.Pergunta oportuna...concordo...
7.óbvio que na maioria dos canticos se faz uma oração a Deus, ou seja, a letra é uma oração do cantor ou da Igreja que ora canta eu ora canta: Nós, observe as letras do HILLSONG...pentecostais australianos...rs!
8.Nunca tinha pensado nisso! legal mas, isso tb é verdade em meios tradicionais onde nunca se evoca a teologia alemã mas, sempre a Inglesa ou Americana...
11.abaixo o papado assembleiano, penso do mesmo modo...
14.por MISTICISMO!
26.oPORTUNÍSMA PERGUNTA...CONCORDO...

natanael disse...

Irmão porque Vç refere-se as perguntas so para os pentecostais?, essas perguntas é para cada um que se diz cristão refletir e praticar. vç apenas esta criando um alvo se vç não é pentecostal mas é cristão protestante então pregue para quem não conhece a palavra que assim vç ganha mais no Céu. desse jeito vç vai perder porque se uma casa entra em guerra contra si mesma, não subsistirá e é isso que vç esta cooperando contra seus irmão na fé. Deus te Abençoe que o SENHOR TE USE PARA GANHAR ALMAS PARA O REINO DELE AMÉM!.