Pular para o conteúdo principal

Respostas Sobre a Salvação pela Graça e a Eterna Segurança



O que se segue são alguns comentários feitos por mim em um texto feito por um adepto da IURD. No texto em questão ele combatia a seita conhecida como Reino das Testeunhas de Jeová.
Em certo momento ele tenta argumentar contra a crença da salvação pelas obras, por esse motivo resolvi comentar e mostrar que ele também acredita que a salvaçao depende dos esforços que realizamos. Fica bastante claro no final de que ele mesmo reconhece isso, revelando assim uma certa hipocrisia e falta conhecimento ao querer combater algo que ele crê de forma semelhante ou até mesmo idêntica.

 ______________



Se eu acreditasse que  a salvação vem pelas obras, primeiramente seria um hipócrita de ter feito este texto, e se fosse pelas obras, miserável de mim, porque não faço quase nada.
Eu somente busco viver uma vida Crista fugindo  do pecado, e buscando levar a Palavra de Deus ao sofrido e buscando a cada dia saber qual é a vontade de Deus e fazer o que a Biblia nos mostra, como qualquer crente que conheceu o Senhor Jesus de fato e de verdade.

R.: Amigo, podemos acreditar em coisas e nem saber que acreditamos, você pensa que não acredita, mas tenho certeza de que suas atitudes mostram o contrário. Quer ver só? Se você cometer um pecado agora nesse exato instante, o que acontece com sua salvação? Você a perde? Se sim, então meu caro sua salvação depende das obras, agora se não, parabéns, este é o ensino correto.

É um desejo de todo o cristão ser fiel, fugir do pecado e buscar viver segundo a palavra, não é isso que lhe assegura salvação, mas são a prova de sua salvação. O que estou questionando é que “muitos” andam praticando ritos para terem certeza de que estão salvos. Ao fazer isso lançam por terra todo o sofrimento de Jesus e seu poder de guardar seu povo. E depois vem dizer que crêem em salvação pela graça. Ora, pela graça exclui qualquer obra de sua parte, sacrifícios, jejuns, pagamento de preço... O ensino que recebi nos sistema do qual você faz parte é de eu devo ter muito cuidado com minha salvação, senão eu vou pro inferno. Isto é: Depende de você e não de Jesus! Meu próprio cunhado já me disse: Eu não faça por onde não pra ver se eu não vou pro inferno! Respondi a ele: Fazer por onde? Então temos que fazer por onde sermos salvos? Lamento mas isso não é graça!

E se a pessoa aceitou a Jesus, ela vai continuar vivendo com uma vida de pecado ou irá buscar fugir do pecado?

R.: Já falei sobre isso.

A Salvação é uma luta dia após dia meu amigo...

R.: Luta? Para se manter salvo? É isso que você está dizendo? Então é pelas obras, e se é pelas obras você tem razões para se gloriar diante de Deus. Isto é heresia amigo! Veja o que disse o apóstolo Paulo:

“Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles” (Hebreus 7.25).

Ele [Jesus] salvou TOTALMENTE. Não deixou um restinho pra você fazer hoje não amigo. Quem está salvo, está plenamente salvo, não tem que ficar lutando pra se segurar na salvação não, do contrário não seria TOTALMENTE. A luta da qual você se refere não passa de uma tentativa de barganhar com Deus através de sacrifícios, e nenhum deles tem valor, pois o único sacrifício que Deus reconhece foi o que seu filho realizou na Cruz. Nada do que o homem faça hoje pode torná-lo digno da salvação.

...não é esse evangelho de portas largas que você ensina para suas ovelhas, e que coitada delas se elas tiverem no seu ensinamento, porque estarão dando ouvido ao ensinamento do Profeta Velho.

R.: O Evangelho que prego é o mesmo que Paulo pregava, que ele recebeu diretamente de Cristo no terceiro Céu. É o mesmo Evangelho que os santos do passado pregaram, que os irmãos valdenses pregaram, que Jan Huss pregou, que Lutero pregou, que Calvino pregou. E que evangelho é o que você prega? O evangelhos das subidas a monte? Da cara no pó? Do pagar o preço? É isso que você chama de evangelho? Não meu querido, isso é qualquer outra coisa menos Evangelho.

Eu não prego evangelho de portas largas. Sei muito bem o que isso significa. A vida cristã tem dificuldades, mas não são os pesos que te são impostos, não são as exigências que te são feitas, pelo contrário, isso só se assemelha ao estilo de vida dos fariseus. E Jesus não veio trazer o jugo farisaico, ele disse “meu jugo é suave e meu fardo é leve”. A nossa luta contra o pecado já é árdua, mas o sistema acrescenta um peso de 10 vezes tanto sobre ela, não foi isso que Jesus veio fazer.

As ovelhas que ensino estão ouvindo e se alimentando de alimento sólido, e não de leite. Não sou profeta, sou apenas um servo, um discípulo que aprendeu primeiro para poder ensinar. E o que prova que o ensinamento está correto é a vida e o testemunho de cada um que recebeu a graça e lançou fora a Lei.

Samuel um dia eu creio que você vai abrir seus olhos novamente para a palavra de Deus, busque agradar a Deus como quando você vivia nas praticas do primeiro amor, isso é, se algum dia já viveu, mas eu oro por você a cada dia.

R.: Meus olhos foram abertos há oito anos, os meus e de meus pais e do meu irmão. Obrigado pela recomendação, é nisso que me esmero em fazer. Viver o primeiro o amor. A mesma garra que eu tinha lá no sistema, eu tenho em dobro hoje na verdade. A disposição que eu tinha pra levar uma mensagem fraudulenta às pessoas quando estava no sistema, hoje muito mais eu tenho pra abrir a boca em praça pública e mostrar o caminho da salvação, o engodo dos homens e as mentiras dos ministros de satanás, travestidos de pastores, ainda que isso me faça Receber vaias e a indiferença de boa parte do povo evangélico, como tem acontecido. A minha oração não é para que você abra os olhos, pois você é incapaz disso, como eu também era. Desejo e espero que um dia Deus soberanamente te abra os olhos e te faça enxergar a verdade, e ele fará isso se for da vontade Dele.


O evangelho que falo é que todo aquele que crê no Senhor Jesus tem chance de ser Salvo!

R.: O Evangelho que prego diz que todo o que crê em Jesus não tem chance, mas se torna um salvo. Por quê? Porque foi destinado para a vida eterna. Ter chance ainda é uma possibilidade remota, quem crê é salvo instantaneamente.

"Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho a salvará."

R.: Texto tremendo este. É o pastor chamando as suas próprias ovelhas, e somente elas lhe reconhecem a voz e o seguem, e então abandonam tudo para o servir.

Se eu caio em um pecado, eu vou e peço perdão ao Senhor Jesus , mas não é porque cai em um pecado é que vou perder minha salvação, mas sim se continuar vivendo com uma vida de pecado e não me arrepender.

R.: Fico feliz em ver que alguns conceitos estão mudando na Universal, não tenho certeza se os conceitos estão mudando ou se só alguns poucos como você chegaram a essa brilhante conclusão. Para ser sincero acredito mesmo na segunda opção, porque os discursos que eu ouvia dos “pastores” quando estava no sistema não era esse, mas se mudou, amém e graças a Deus! (ou não...)


E acaba por aqui, não vou dar mais respostas a você Samuel, vou orar pela sua vida amigo. Busque a BIblia e você encontrará as respostas. Se você quer as portas largas continue, eu prefiro continuar levando a minha Cruz dia após dia.

R.: Poxa fico tão triste quando isso acontece. Dá a impressão de que você está se esquivando, mas tudo bem. E só pra constar, eu já encontrei as respostas que eu procurava, como cantava o ex-bispo da Universal, Renato Suhett, que por sinal hoje tive a felicidade de encontrar no Twitter e descobrir que ele também está pregando a Doutrina Reformada. Aleluia, Deus está levantando ministros competentes!

Mateus cap. 7.
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.

 R.: Este texto se aplica muito bem aos não-eleitos, porque eles não conseguem obedecer e ser fiéis até o fim.  Os “pastores” neopentecostais  (incluindo os da IURD) se encaixam muito bem nessa passagem não acha?

“...A justiça do justo não o livrará no dia da sua transgressão; quanto à perversidade do perverso, não cairá por ela, no dia em que se converter da sua perversidade; nem o justo pela justiça poderá viver no dia em que pecar.Quando eu disser ao justo que, certamente, viverá, e ele, confiando na sua justiça, praticar iniquidade, não me virão à memória todas as suas justiças, mas na sua iniquidade, que pratica, ele morrerá. Quando eu também disser ao perverso: Certamente, morrerás; se ele se converter do seu pecado, e fizer juízo e justiça, e restituir esse perverso o penhor, e pagar o furtado, e andar nos estatutos da vida, e não praticar iniquidade, certamente, viverá; não morrerá. De todos os seus pecados que cometeu não se fará memória contra ele; juízo e justiça fez; certamente, viverá.”

R.: Eu quero acreditar que você deva ter no mínimo o 2º Grau completo. Acho estranho você não ter lido o texto direito, talvez na pressa você nem percebeu ou discerniu as palavras corretamente, eu também era assim, ficava procurando versículos para contradizer a graça de Deus. Isso já é uma prática comum no meio pentecostal. Mas me diga (se ainda quiser responder) aonde o texto fala de salvação? Para quem é a exortação? Leia o versículo 10. Leu? O que diz? “Dize a casa de Israel...” Ah então você entende comigo que nesse texto é Deus tratando com povo de Israel. Por que Deus estava falando com o povo através do profeta? Leia o versículo 10 de novo:

Assim falais vós, dizendo: Visto que as nossas transgressões e os nossos pecados estão sobre nós, e nós definhamos neles, como viveremos então?”

Sabe o que é que Israel estava dizendo? Que eles já estavam sendo punidos pelos seus pecados, e na Lei a pena para os mais graves pecados é a morte. Daí eles questionavam como poderiam viver, pois reconheciam que estavam sempre pecando, logo estavam sempre sendo punidos. Então Deus deixa claro que a questão não eram as punições, mas a falta de arrependimento, daí ele diz:

Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor Deus, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas sim em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que morrereis, ó casa de Israel?”

Quem é o ímpio? Aquele que não estava vivendo segundo os estatutos da Lei. E qual era a punição? A morte! Aonde o texto está falando de Salvação? Está falando de vida e morte. A salvação só iria ser anunciada alguns séculos à frente pelo Messias. Nesse tempo nem o conceito de Salvação existia. O que existia era a promessa de uma salvação que iria se manifestar no futuro.

A impressão que você tem é de que a frase “mas na sua iniquidade, que pratica, ele morrerá”significa “perderá a salvação”. Mas nem é necessário ter curso superior de Teologia para perceber que o texto é claro e esta dizendo o que de fato está escrito: Quem peca, morre! A alma que pecar, essa morrerá. O texto meu amigo está falando de disciplina e correção de Deus. Todo pai corrige seu filho, e Deus também. No passado havia um maior rigor sob o regime da Lei, e você não consegue discernir isso. Deus está exortando Israel, o para que guardassem a Lei. Não ta falando de Salvação, quanto mais de perdê-la ou não.

Eu já esperava que você confirmasse o que eu já tinha escrito no outro comentário. Você confirma que crê numa salvação por obras, uma salvação mantida por você mesmo. E assim contradiz até mesmo o texto escrito contra as Testemunhas de Jeová. Você é muito contraditório. Até aqui mesmo você se contradiz. Veja:

“...mas não é porque cai em um pecado é que vou perder minha salvação...”

O texto que você citou e sua interpretação contradizem isso:

...A justiça do justo não o livrará no dia da sua transgressão; quanto à perversidade do perverso, não cairá por ela, no dia em que se converter da sua perversidade; nem o justo pela justiça poderá viver no dia em que pecar.

Percebeu a contradição? Na sua interpretação “viver” e “morrer” quer dizer “estar salvo” e “perder salvação”. Então não fostes coerente amigo. Porque o texto diz que o justo no dia em que pecar não poderá viver, ou seja, pecou, “perdeu”.

E assim você confirma que a salvação depende de suas obras.

SE VOCÊ PENSA QUE SUA SALVAÇÃO ESTÁ GARANTIDA, O TEXTO DEIXA CLARO QUE NÃO!
Ezequiel 33:12-16.

R.: Sabia que não ia demorar muito para você afirmar isso. E pelo tamanho da letra vejo a sua “firmeza”(?), ou seja, você é inseguro. Não tem certeza de que está salvo. O texto que você citou não diz nada acerca de salvação e se você quiser aplicar aquela exortação a Israel para a salvação hoje,então amigo, certamente de nada adiantou Jesus ter vindo morrer por nós. Porque se na Graça está igual a Lei, então não precisaria nem Deus ter feito uma Nova Aliança, concorda? Creio que não rsrs...

A sua afirmação revela que a salvação precisa ser mantida, e isso através das suas obras, e sendo assim já não é pela graça. Você tem uma salvação muito fajuta! Deus me livre dessa salvação.

Você me citou um texto que, segundo sua falha interpretação, revela que não temos uma salvação garantida. Então vou te mostrar um que prova o contrário.

o qual também vos confirmará até o fim, para serdes irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor” (1ª Coríntios 1.8,9).

Vou citar só mais um.

“Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a de completá-la até o dia de Cristo Jesus” (Filipenses 1.6).

Quer Garantia melhor que esta?

Romanos 6:1-2 “Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que seja a graça mais abundante? De modo nenhum! Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos?”
 1 João 5:18 “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado;

R.: Concordo plenamente.


Pr. Samuel

Comentários