Pular para o conteúdo principal

Predestinação, uma teoria apenas?


Einstein explica...
É interessante como alguns argumentos são ridículos. Alguém tentou argumentar comigo contra a doutrina da predestinação dizendo que se trata apenas de uma teoria. Não sei se ele se inspirou na controvérsia sobre o criacionismo e evolucionismo, mas acredito que foi uma falta de conhecimento bíblico aliado a falta de revelação do Espírito Santo.

Não podemos ir para Bíblia para procurar formular teorias. Teorias são coisas incertas, que possuem alguns indícios, mas que não são conclusivos para a sua afirmação. Ora a Bíblia não é um livro de teorias, ela nos apresenta claramente o desígnio de Deus. No entanto, se eu entender que a predestinação é apenas uma teoria, obviamente que todos os demais ensinamentos como o livre arbítrio também serão mera teoria. A menos que alguém argumente dizendo que não necessariamente o fato de um pensamento ser considerado teoria que todos os outros também sejam considerados. Mas se considerarmos um pensamento como verdadeiro, logo os outros são falsos. E considerando este pensamento como verdadeiro, assim os outros serão apenas teoria. Se olharmos por esse ponto de vista podemos resumir dizendo que é fraco e nulo tal argumento, porque relativamente cada um vai afirmar o seu pensamento em detrimento os dos outros. Sendo assim, precisamos partir para algo que dê peso para esta ou aquela argumentação e não apenas afirmar que tal pensamento é mera teoria, pois como já disse, esse argumento é fraco e nulo devido a sua relatividade.

Se a Bíblia não fosse tão clara quanto à predestinação eu mesmo seria defensor do livre arbítrio, pois compreendo que fora dela não há outra possibilidade. Graças a Deus que ele nos preservou a clareza do seu desígnio para que pudéssemos apreciá-lo e entendê-lo. Alguns podem questionar porque a crença no livre arbítrio é mais comum. Eu responderia a esta questão apenas dizendo que o homem gosta daquilo que lhe é mais confortável. Porque não ensino mais prazeroso para o homem do que lhe dizer que seu futuro eterno está em suas próprias mãos. O desejo de poder que o ser humano tem revelado ao longo da história da humanidade elucida bem esse mistério. Esse é mais um motivo que me faz entender a predestinação como a verdade absoluta do cristianismo, porque para crer nela o homem tem que se esvaziar e se humilhar. O livre arbítrio, por outro lado, somente dignifica o homem colocando em sua decisão todo o poder salvífico e “humilhando” a Deus que pacientemente se vê obrigado a sentar e esperar para ver o que o homem vai escolher.

Um dos textos mais fortes e que pesam contra o argumento do livre arbítrio é o que narra uma pregação do apóstolo Paulo, que ao ver a rejeição por parte dos judeus se volta para ensinar aos gentios. Estes tiveram uma reação exatamente ao contrário dos judeus, que rechaçaram a mensagem.

“Os gentios, ouvindo isto, regozijavam-se e glorificavam a palavra do Senhor, e creram todos os que haviam sido destinados para a vida eterna” (Atos 13.48).

Esse texto é tão claro e objetivo no português quanto o é no grego original. O escritor intencionalmente fez questão de identificar aqueles que haviam crido. Eles creram porque haviam sido destinados para a vida eterna. O verbo τεταγμενοι, significa determinar ou ordenar. Dessa forma só creu na mensagem aqueles estavam determinados para tanto, ou seja, predestinados. Não bastasse esse versículo e ainda contamos com as palavras de Cristo quando diz:

“Quem é de Deus ouve as palavras de Deus...” (João 8.47).

Ao afirmar isto ele mostrou que só pode ouvir [crer, obedecer, seguir] o Evangelho aqueles que já estão selecionados pelo amor eletivo de Deus. Os outros, porém, o recusam não porque lhes foi legada a opção de negar, mas porque não pertencem a Deus:

“...por isso não me dais ouvidos, porque não sois de Deus”.

Não há como encontrar argumento a favor de um livre arbítrio, uma vez que está tão clara a determinação e beneplácito da vontade de Deus.


Pb. Samuel

Comentários

O QUE É A PREDESTINAÇÃO PARA A VIDA ETERNA?
A predestinação para a vida eterna, é tão verdade enquanto nós estamos na obediência da palavra de Deus, como quando o sol sai do nascente e vai até poente.
É claro que, a predestinação conforme está sendo ensinada por certos teólogos, não passa de uma grande mentira.
Porque, para sermos predestinados e entrar no reino de Deus, precisamos estar cumprindo os nossos deveres como está em Eclesiastes 12:13;que é temer a Deus,e guardar os seus mandamentos.Veja a declaração do texto citado.”De tudo o que se tem ouvido,o fim é,
“Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque esse é o dever de todo homem.”
Os mandamentos que aqui se está referindo, é claro que é os mandamentos da lei de Deus, cujos mandamentos, estão sendo pisados por falíveis mortais humanos, que pensam ser alguma coisa neste mundo.
ASSIM COMO O SOL SAI DO NASCENTE E VAI AO POENTE, SEM NENHUNS OBSTÁCULOS, ASSIM SÃO OS QUE REALMENTE FORAM PREDESTINADOS A VIDA ETERNA: CONTINUAM FIEIS A DEUS, DESDE QUANDO FORAM CHAMADOS, ATÉ O ÚLTIMO DIA DE SUAS VIDAS NESTA TERRA.
ISTO É UMA LEI QUE NÃO PODE FALHAR.
Mas, se falhar, vai acontecer o mesmo que aconteceu aos Israelitas do passado, que se perderam em grande massa, e a Judas Iscariotes, com muitos outros que não permaneceram na obediência da santa lei Divina.
O que é predestinado a vida eterna, primeiramente recebe somente o chamado de Deus, como está em Romanos 8:30;que diz:’E aos que predestinou a estes também chamou;e aos que chamou a estes também justificou;e aos que justificou a estes também glorificou.”
Ninguém será justificado pela obediência da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado, diz Romanos 3:20;
A JUSTIFICAÇÃO É O PERDÃO QUE SE RECEBE DE CRISTO, QUANDO O PECADOR SE ARREPENDE. MAS DALI PARA FRENTE, A LEI DE DEUS NOS SERVIRÁ COMO ESPELHO, PARA QUE NÃO RETORNEMOS AOS PECADOS QUE JÁ NOS FORAM PERDOADOS.
Jesus disse para a mulher pecadora. “Teus pecados foram perdoados”. Vai e não peques mais.
Ela havia transgredido o sétimo mandamento da lei de Deus que proíbe adulterar.
Agora, ela tinha de observar a lei de Deus rigorosamente, porque Jesus lhe disse: vai e não peques mais.
QUEM SABE ELA FOI UMA PREDESTINADA A VIDA ETERNA?
MAS, OS HOMENS QUE APRENDERAM DE OUTROS HOMENS, JAMAIS ENTENDERÃO O QUE É APREDESTINAÇÃO ETERNA, MUITO MENOS, OS QUE VIVEM FALANDO MAL DA SANTA LEI DIVINA, E TRABALHANDO CONTRA O DEUS ETERNO.
A nossa predestinação a vida eterna, depende da escolha que fazermos.
Veja o que está escrito em Josué 24:15;diz:”Porem se vos parece mal aos vossos olhos servir a Senhor,escolhei hoje a quem sirvais;se os deuses a quem serviram vossos pais,que estavam dalem do rio,ou os deuses dos amorreus,em cuja terra habitais.Porem eu e a minha casa serviremos ao Senhor.
A QUI ESTÁ A VERADEIRA PREDESTINAÇÃO QUE DEPENDE DA ESCOLHA QUE CADA UM DE NÓS FISERMOS. ”DEUS NÃO FORÇA O PECADOR.”
ELE DÁ LIBERDADE PARA QUE TODOS FAÇAM UMA ESCOLHA DE LIVRE ARBÍTRIO.
DEUS é amor disse…
Como a fé é um dom de Deus, é preciso que Ele incute dentro do coração do homem a fé para que esse mesmo homem creia na expiação de Cristo na Cruz do Calvário (Efésios 2.8-9). São palavra do próprio Cristo de Deus - "Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que da parte do Pai tem ouvido e aprendido, esse vem a mim." (João 6.44-45). É importante entender que Deus tem misericórdia de quem Ele se agradou (Romanos 9.16). Que o Senhor seja sobre o espirito de vocês...

BLOGSPOT> osenhordagloria.blogspot.com
Anônimo disse…
certo,então vocês tem que mudar aquela tradicional pergunta: quer aceitar Jesus? para ¨Jesus o senhor aceita esse aqui?¨fechem suas igrejas pois o povo escolhido já foi escolhido. ora vamos aprontar sem responsabilidades,afinal até para a salvação Deus tem que decidir. porque somos incapazes de renuciar o nosso eu,de ter compromisso isso é muito cansativo e não tem lucros. nós somos deficientes mental mesmo. não temos capacidade de escolher. e o julgamento vai ser o que? um teatro ele vai condenar o mesmo que ele rejeitou antes mesmo que ele nascesse.quanto mais escuto esses evangelicos mais amo os católicos.não sou ninguem para gostar ou não do sua postagem. simplismente acho esses comentários muuuuuuuito egoista e pretencioso. e como você sabe que é um escolhido?